BrasilGovernoTodos

Reforma administrativa do governo Bolsonaro vai manter a estabilidade dos atuais funcionários

A proposta de reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional nos próximos dias pelo governo do presidente Jair Bolsonaro manterá a estabilidade, o emprego e os salários dos servidores públicos atuais, informou hoje (29) à noite o Ministério da Economia. Em nota, a pasta informou que a proposta pretende aumentar a eficiência do Estado e reequilibrar o orçamento não apenas da União, mas também dos Estados e municípios. “O Ministério da Economia esclarece que está preparando uma ampla agenda de transformação do Estado brasileiro, que propõe a criação de um novo serviço público, cujo objetivo primordial é ampliar a oferta de serviços públicos de qualidade aos cidadãos. É importante ressaltar que a proposta, que ainda não foi apresentada, tem como premissa a manutenção da estabilidade, do emprego e do salário dos atuais servidores”, destacou o comunicado, indicando que as mudanças só valerão para os futuros servidores.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário