JustiçaPolíticaTodos

Quem é Rui Portanova, o desembargador que calou a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

Há um ano atrás, o desembargador gaúcho Rui Portanova, tremendamente esquerdista, postou a foto abaixo nas redes sociais, defendendo a candidatura de Lula para o Nobel da Paz e promovendo uma lista de assinaturas para a campanha.

Rui Portanova é membro da Associação de Juízes pela Democracia, uma entidade tremendamente esquerdista e, naturalmente, corporativista estatal, sindicaleira. Circulam na Internet cópias das postagens feitas pelo desembargador Rui Portanova, que concedeu a liminar no mandado de segurança impetrado pela deputada estadual comunista Luciana Genro (PSOL), impedindo a votação de projetos do governador Eduardo Leite que aumentam alíquotas de contribuição dos funcionários públicos e mudam regras da previdência do Estado.

Rui Portanova é um homem de esquerda e esteve em Curitiba, em março, para prestar solidariedade a Lula, que estava preso. Conforme o site do Instituto Lula, Rui Portanova “cantou e tocou no violão uma canção que fez para o pai dele e que o faz pensar em Lula”. No dia 25 de junho deste ano, o desembargador defendeu a liberdade imediata do ex-presidente, em uma aula pública realizada na frente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. A liminar de Rui Portanova foi fulminada na manhã desta quarta-feira pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, o também esquerdista Dias Toffoli (ex-advogado do PT, de Lula, de José Dirceu). Ou seja, não há solidariedade entre esquerdistas.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário