Política

Quase metade do Senado Federal já defende veto total à Lei de Abuso de Autoridade em manifesto para Jair Bolsonaro

Um total de 31 senadores já assinaram o manifesto no qual pedem que o presidente da República, Jair Bolsonaro, vete totalmente o projeto que cria a Lei de Abuso de Autoridade. Se mais 10 senadores assinarem, haverá maioria absoluta para garantir o veto, já que o Senado tem 81 senadores. Se o Presidente da República impuser um veto total ao projeto, quem examinará esse veto será o Senado Federal, exclusivamente, sem que haja um exame da matéria pelos deputados federais.

A lista dos senadores que já assinaram o manifesto a Jair Bolsonaro é a seguinte:
Eduardo Girão (Podemos)
Styvenson Valentim (Podemos)
Oriovisto Guimarães (Podemos)
Leila Barros (PSB)
Flávio Arns (Rede)
Lasier Martins (Podemos)
Alvaro Dias (Podemos)
Alessandro Vieira (Cidadania)
Esperidião Amin (PP)
Marcos do Val (Podemos)
Jorge Kajuru (Patriota)
Carlos Viana (PSD)
Mailza Gomes (PP)
Major Olímpio (PSL)
Sérgio Petecão (PSD)
Juíza Selma (PSL)
Soraya Thronicke (PSL)
Arolde de Oliveira (PSD)
Plínio Valério (PSDB)
Rodrigo Cunha (PSDB)
Luis Carlos Heinze (PP)
Romário (Podemos)
Jorginho Mello (PL)
Reguffe (sem partido)
Elmano Férrer (Podemos)
Izalci Lucas (PSDB)
Fabiano Contarato (Rede)
Zequinha Marinho (PSC)
Lucas Barreto (PSD)
Mara Gabrilli (PSDB)
Simone Tebet (MDB)

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário