PolíticaTodos

PSL inicia processo de expulsão e notifica Eduardo Bolsonaro para que se defenda

A direção nacional do PSL iniciou o processo de expulsão do seu líder na Câmara, no caso o deputado federal Eduardo Bolsonaro. Eduardo foi citado ontem e terá cinco dias para se defender. O líder e seu grupo de 29 deputados federais, a maioria, prepara saída em massa do PSL. O objetivo é criar um novo partido. Jair Bolsonaro e seus seguidores perderam tempo demasiado para tomar esta decisão, porque já deveriam ter criado o partido desde o começo do ano.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário