Todos

Portugal anuncia a compra de cinco aviões KC 390 da Embraer

O governo de Portugal anunciou um pedido firme para cinco aviões de transporte aéreo multimissão KC-390 da Embraer como parte do processo de modernização das capacidades da Força Aérea Portuguesa para apoiar as operações das Forças Armadas de Portugal e aumentar a prontidão em missões de interesse público. As entregas estão programadas para começar em 2023. O KC-390 foi desenvolvido para estabelecer novos padrões de eficiência e produtividade na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado. A aeronave cumpre os requisitos da Força Aérea Portuguesa sendo capaz de realizar diversas missões militares e civis, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e salvamento e combate a incêndios florestais e acrescenta capacidades superiores de transporte e lançamento de carga e tropas, e reabastecimento em vôo.  
“Hoje é um dia histórico para o Programa KC-390 e quero agradecer àqueles que contribuíram para o projeto. É um passo muito relevante para consolidar a aeronave no mercado e acreditamos que se tornará outro sucesso da Embraer. O KC-390 de Portugal atenderá a novos requisitos de interoperabilidade nas áreas de navegação segura, transmissão de dados e voz que permitirão ao KC-390 integrar operações conjuntas em alianças multinacionais nas quais Portugal está integrado. Estes requisitos, desenvolvidos em parceria com a Força Aérea Portuguesa, permitirão ao KC-390 atender às necessidades de muitas outras nações em todo o mundo”, afirmou Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança: “A parceria industrial entre Portugal e a Embraer contribui para o desenvolvimento da engenharia e da indústria aeronáutica portuguesas, representando mais de 300 milhões de euros em exportações por ano e milhares de empregos altamente qualificados”. 
A negociação envolve um contrato de 827 milhões de euros, inclui um simulador de vôo, manutenção de aeronaves nos 12 primeiros anos de vida, primeira entrega em 2023; depois disso, entrega de uma aeronave por ano, até 2027; adaptação das aeronaves para uso em combate de incêndios florestais, que assolam Portugal todos os anos. 
Portugal é o maior parceiro internacional do Programa KC-390 e a sua participação no desenvolvimento e na produção da aeronave é reconhecida como tendo tido um impacto econômico positivo na geração de empregos, novos investimentos, aumento de exportações e avanços tecnológicos. O KC-390 recebeu o Certificado de Tipo da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil em 2018 e está em plena produção em série. A entrada em serviço da aeronave está prevista para o terceiro trimestre de 2019 com a Força Aérea Brasileira (FAB), com mais entregas esperadas no decorrer do ano. 
Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda. Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros. A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa. (DefesaNet)
Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário