BrasilPolíciaTodos

Porteiro confessa que mentiu para comprometer o presidente Jair Bolsonaro

Depois de mais de quarenta dias depois de dois depoimentos mentirosos, o porteiro do condomínio Vivendas da Barra, onde mora Jair Bolsonaro, mudou a versão que deu à Polícia Civil do Rio de Janeiro. O porteiro deu novo depoimento à Polícia Federal, na terça-feira, e não confirmou a versão inicial dada por ele. A Polícia Federal não conseguiu apontar se o porteiro se confundiu ou se foi pressionado a citar “Seu Jair” em seus depoimentos anteriores — e, se houve pressão, de quem partiu, mas a história terá desdobramentos, porque o porteiro confessou que mentiu para comprometer Jair Bolsonaro. O desmentido soterra as dúvidas caluniosas que boa parte da mídia e dos políticos lulopetistas colocaram no caso, com a pretensão de envolver Jair Bolsonaro no assassinato da vereadora comunista Marielle Franco.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário