BrasilEconomiaPetróleo

Petrobras inicia venda de parte de concessão na Bacia de Pelotas

A Petrobras iniciou a venda de parcela da participação na concessão BM-P-2, localizada na Bacia de Pelotas, no Rio Grande do Sul. A Petrobras e a Total são parceiras na concessão e cada uma detém 50% de participação, sendo a Petrobras a operadora.

O desinvestimento será realizado em conjunto, com a venda entre 30% a 65% de participação na concessão. A divulgação foi feita de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, conforme previsto no Decreto 9.355/2018.

A concessão BM-P-2 está localizada em águas profundas da Bacia de Pelotas, em lâmina d’água entre 1.000 m e 2.000 metros. Foi adquirida pela Petrobras (100% de participação) em 2004 na 6ª Rodada de Licitações da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A Total tornou-se parceira com a aquisição de 50% da participação, em 2013. Atualmente, a concessão contempla os blocos exploratórios P-M-1269, P-M-1271, P-M-1351 e P-M-1353 e está estrategicamente posicionada em relação à 18ª Rodada de licitações da ANP, prevista para 2021, em que serão selecionados blocos da Bacia de Pelotas.

Essa concessão apresenta um reduzido compromisso exploratório com o potencial de comprovar significativos volumes e firmar posição em uma nova fronteira exploratória. A operação está alinhada à otimização do portfólio e a melhor alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor para os acionistas da companhia, diz a estatal. (Ag. BR)

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário