BrasilEconomiaPetróleoTodos

Petrobras inicia processo para arrendar terminal de regaseificação

A Petrobras começou, hoje (9), o processo de arrendamento do terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) da Bahia. O GNL é um gás natural transformado em líquido para ser transportado em um navio e que precisa ser gaseificado novamente para ser utilizado pelo consumidor. O arrendamento do terminal, em Salvador, e de seu gasoduto, faz parte de um termo de compromisso celebrado junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em julho deste ano, e de uma estratégia da estatal petrolífera de melhorar sua alocação de capital e construir um ambiente favorável à entrada de novos investidores no setor de gás natural.

A primeira fase é a pré-qualificação das empresas interessadas em participar da licitação. O Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia consiste em um píer tipo ilha para atracação de um navio transportador de gás liquefeito. A vazão máxima de regaseificação do terminal é de 20 milhões de metros cúbicos por dia. O gasoduto integrante do terminal tem 45 quilômetros (km) de extensão e 28 polegadas de diâmetro, interligando dois pontos de entrega, a Estação Redutora de Pressão de São Francisco do Conde e a Estação de Controle de Vazão de São Sebastião do Passé.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário