EconomiaTodos

Paulo Guedes anuncia Conselho Fiscal da República

Paulo Guedes ressaltou que é preciso adotar na prática a responsabilidade fiscal para evitar, no futuro, a atual situação de “milhares municípios quebrados, de dezenas de Estados quebrados e da União, que só não quebra porque se endivida em bola de neve”. “O primeiro capítulo do nosso pacto federativo é a criação, um aperfeiçoamento, do marco institucional da responsabilidade fiscal. Temos que aperfeiçoar nossas instituições. Então, nós vamos transformar o Estado sabendo que temos que manter a responsabilidade com as futuras gerações”.

E anunciou a criação do “Conselho Fiscal da República”, reunindo a cada três meses os presidentes da República, da Câmara, do Senado, do STF, do TCU e da associação dos Tribunais de Contas dos Estados. “Todos os poderes que têm a capacidade de manter ou desestabilizar o equilíbrio fiscal da República se reúnem a cada três meses para exame, monitoramento e considerações sobre a situação fiscal dos entes federativos”, é o que objetiva o ministro Paulo Guedes.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário