BrasilPolíciaTodos

Ouvidor-geral do MP do Pará é afastado por dizer que índio ‘não gosta de trabalhar’

O Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Pará decidiu instaurar um processo administrativo contra seu ouvidor-geral, Ricardo Albuquerque, e aceitar seu afastamento temporário do cargo. O procedimento vai apurar se a conduta de Albuquerque foi incompatível com o exercício de ouvidor-geral e se ele deve ou não permanecer no cargo. O procurador foi alvo de críticas depois que circulou um áudio de uma palestra para alunos de Direito na qual ele afirmava que “o problema da escravidão no Brasil foi porque o índio não gosta de trabalhar”.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário