CulturaGenteMundoTodos

Morre Max Von Sydow, lendário ator dos filmes de Ingmar Bergman

Max Von Sydow, ator sueco de mais de 100 filmes e séries de TV, morreu neste domingo (8), aos 90 anos. Von Sydow estrelou filmes como “O Exorcista”, “Ilha do medo”, “007 – Nunca Mais Outra Vez”, “Hannah e suas irmãs” e “Minority Report – A Nova Lei”. Imortalizado em uma partida de xadrez contra a Morte em “O Sétimo Selo”, dirigido pelo também sueco Ingmar Bergman (1918-2007),

Max trabalhou com grandes diretores de Hollywood. Também esteve recentemente na série “Game of Thrones”. Nascido em Lund, na Suécia, com o nome Carl Adolf von Sydow, ele era conhecido pela versatilidade de seus papéis. Ele era filho de Carl Wilhelm, professor de etnologia, e Greta, professora. Depois de terminar o ensino médio, matriculou-se na Escola Real de Artes Dramáticas de Estocolmo.

Ao longo de seus 65 anos de carreira, atuou em 11 filmes dirigidos de Bergman. Entre seus trabalhos mais recentes estão a dublagem do personagem Klaus Ziegler em “Os Simpsons”, em 2014. Em 2015, participou novamente de uma grande produção, “O Despertar da Força”, sétimo episódio da saga “Star Wars”. Woody Allen, John Huston, Sydney Pollack, Bertrand Tavernier, David Lynch, Andrei Konchalovsky, Wim Wenders e Ridley Scott foram outros diretores que trabalharam com ele.

Além de clássicos, também esteve em filmes mais leves e despretensiosos como “Flash Gordon” (1980) e “Conan, o Bárbaro” (1982). Sydow foi indicado apenas duas vezes ao Oscar: por seu papel em “Pelle, o Conquistador” (1987), de Bille August, e como coadjuvante no filme do inglês Stephen Daldry, “Tão forte e tão perto” (2011).

Ele explicou a falta de reconhecimento para o jornal sueco “Aftonbladet”: “Aos atores que tiveram algum sucesso, sempre são oferecidos o mesmo tipo de papéis, e eu sofri com isso”. Sydow era casado com Catherine Brelet desde 1997.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário