JustiçaTodos

Moro pede à Procuradoria abertura de investigação contra o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz

O ministro da Justiça, Sergio Moro, pediu que a procuradora geral da República, Raquel Dodge, investigue Felipe Santa Cruz, o presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, por crime de calúnia. O pedido deve-se a declarações de Santa Cruz, que afirmou que o ministro da Justiça “banca o chefe de quadrilha” nas investigações sobre o hacker suspeito de invadir aplicativos de celulares dele e de outras autoridades. “Atribuir falsamente ao ministro da Justiça e Segurança Pública a condição de chefe de quadrilha configura em tese o crime de calúnia do art. 138 do Código Penal”, escreveu Moro na representação que enviou a Raquel Dodge. Para o ministro, caberá a Procuradoria Geral da República apurar o caso e “solicitar as providências necessárias voltadas à responsabilização” do presidente da OAB.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário