BrasilPolíticaTodos

Moro compra briga dos bolsonaristas e proíbe ingresso do presidente da OAB no prédio do ministério da Justiça

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou, esta tarde, que não receberá mais o presidente nacional da OAB, Filipe Santa Cruz. “Ele é um militante político-partidário”, avisou Moro em seu Twitter. O presidente da OAB passou de todos os limites, hoje, ao dizer que apoiadores de Bolsonaro possuem desvio de caráter. A ofensa atingiu Moro, que é apoiador de Bolsonaro. Trata-se de insulto da maior gravidade.

Moro avisou que só receberá novamente o presidente da OAB se ele se retratar pelo que disse. O melhor caminho que o governo de Jair Bolsonaro pode adotar, com respeito a essa entidade petista, é retirar dela, urgentemente, uma de suas maiores fontes de financiamento, que é o chamado Exame da Ordem.

Existe um movimento nacional muito grande de bacharelandos em Direito em campanha há muito anos trabalhando pela extinção desta excrescência. Bolsonaro e Sérgio Moro teriam o apoio de centenas de milhares de jovens formandos em Direito que querem exercer a profissão e são barrados pela OAB, a qual tem grande interesse financeiros nesse exame.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário