BrasilEconomiaPolíticaTodos

Ministro Paulo Guedes desmente boato da sua demissão espalhado pelo jornalista esquerdista Ricardo Noblat

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse ao site O Antagonista que é mentira a informação de que estaria de saída do governo. O boato foi publicado no Twitter por Ricardo Noblat e no blog do Vicente Nunes, no Correio Braziliense. “Nunca trabalhei tanto. Se soubesse que rendia mais trabalhando de casa, tinha feito isso antes”, ironizou Paulo Guedes.

O ministro esclareceu que passa o dia em reuniões via internet, inclusive das videoconferências do presidente Jair Bolsonaro com os governadores. “Hoje, tive reunião com a Caixa Econômica Federal, com o Banco Central, com a equipe que está tratando da MP do mercado de trabalho. Conversei com o pessoal no Senado. Falei mais cedo uma meia hora com o presidente. Tenho que tomar uma decisão a cada oito minutos”, disse ele. Paulo Guedes explicou que, após o teste para coronavírus, seu médico lhe recomendou que passasse a semana no Rio de Janeiro: “Eu falei com o presidente e ele disse que tudo bem”.

Ao longo da tarde, quando começaram os boatos de sua saída, o ministro recebeu mensagens de vários integrantes da equipe, como Mansueto Almeida, e até do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Todos dizendo que, se fosse verdade a notícia da demissão, entregariam o cargo também.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário