AgronegócioBrasilGovernoTodos

Ministra Tereza Cristina diz que Observatório da Agropecuária será um marco do governo Bolsonaro

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que o Observatório da Agropecuária Brasileira, inaugurado nesta quinta-feira, 5, em Brasília, “será um marco” do governo Bolsonaro. Para ela, o observatório permitirá a “integração” de todos os cadastros de dados de órgãos ligados à Pasta. “Assim, poderemos fazer políticas públicas e sermos ‘cirúrgicos’ nessas políticas”, disse Tereza Cristina, em seu discurso na cerimônia de lançamento do Observatório: “Hoje não existe mais dinheiro, não temos mais recursos, então os recursos que temos devem ser encaminhados e colocados de maneira a serem melhor aproveitados por todos os agricultores Brasil afora”.

O evento contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e também de vários ministros do atual governo, como o da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes; da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Além deles, participaram também, entre outros, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins; o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes Cordeiro; o secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke; o diretor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Newton Júnior, e o presidente interino da Embrapa, Celso Moretti.

Aos ministros, Tereza Cristina reforçou: “O que vocês acharem que pode ser integrado a essas informações, teremos prazer em receber. Queremos deixar esse imenso banco de dados como legado”. Conforme explicou o Ministério da Agricultura, o Observatório da Agropecuária Brasileira pretende dar aos gestores acesso a informações estratégicas para tomada de decisões e elaboração de políticas públicas para o setor agropecuário.

“A iniciativa permitirá o acompanhamento e a gestão integrada dos dados produzidos por diferentes unidades do Ministério da Agricultura e de outros ministérios que tenham projetos relacionados a diferentes cadeias produtivas e setores da agropecuária”, disse a pasta, em nota. O Observatório foi desenvolvido em parceria com a Embrapa e a CNA. Ainda em seu discurso de lançamento do Observatório, a ministra Tereza Cristina exortou os produtores rurais a hastearem, no dia 7 de setembro, que marca a Independência do Brasil, uma bandeira brasileira na porta de suas propriedades rurais. “Isso para que nosso Brasil agro que produz e gosta do Brasil mostre a potência e a força que é o agronegócio deste País”, disse ela.

Também em discurso no evento, Bolsonaro elogiou a ministra da Agricultura e também o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. “Decidimos manter as Pastas separadas e demos todas as boas vindas ao Salles, homem amigo do produtor rural, amigo do Brasil, que está longe de vaidades e quer cumprir sua missão e fazer bem feita”, disse o presidente, que completou: “Ele (Salles) sabe que existe a possibilidade do casamento entre produção e preservação ambiental”.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário