Todos

Ministério Público Federal rescinde delação de ex-diretor da Hypermarcas

Em manifestação enviada ao STF, o Ministério Público Federal informou que rescindiu o acordo de delação firmado por Nelson José de Mello, ex-diretor de relações institucionais da Hypermarcas. O acordo havia sido homologado em junho de 2016 por Teori Zavascki. O documento é assinado por Raquel Dodge, que requereu a homologação da rescisão definitiva e a manutenção da validade das provas apresentadas por Mello, que, perde assim, os benefícios acertados com o Ministério Público, como não ser denunciado pelos crimes confessados. O Ministério Público Federal diz que o então delator descumpriu o compromisso de dizer a verdade, apresentando informações falsas ou “omitindo fato penalmente relevante praticado por ele”. Também deixou de entregar provas. O ex-diretor da Hypermarcas afirmou, por exemplo, que desconhecia quem eram os parlamentares beneficiados com os valores pagos pela empresa via contratos fraudulentos em decorrência da intermediação dele. Edson Fachin vai analisar a homologação da rescisão do acordo.
Compartilhe nas redes sociais: