Justiça

Megatraficante mexicano El Chapo é condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos

O meganarcotraficante mexicano Joaquín Archivaldo Guzmán Loera, conhecido como El Chapo, foi condenado, nesta quarta-feira (17), à prisão perpétua pela Justiça Federal dos Estados Unidos. O traficante de 62 anos foi levado ao país para ser julgado depois de ter escapado duas vezes das prisões mexicanas. Sua pena também será cumprida em uma penitenciária norte-americana. O julgamento aconteceu três meses depois de a Promotoria apresentar, em 12 de fevereiro, 10 acusações contra ele. Todas foram aceitas e ele foi condenado por conspiração internacional para distribuição de cocaína, metanfetaminas e maconha, além de uso de armas de fogo e lavagem de dinheiro. De acordo com a justiça, ele traficou mais de 1.250 toneladas de drogas aos Estados Unidos, principalmente cocaína. Famoso pelos túneis construídos para traficar drogas para os Estados Unidos ou para escapar da prisão, El Chapo está preso no Manhattan Correctional Center desde janeiro de 2017. Ele foi detido várias vezes desde 1993, realizando fugas cinematográficas que envolveram autoridades de diversos países. Dezenas de pessoas, incluindo 56 testemunhas do governo americano – entre eles velhos sócios de El Chapo -, rivais, uma ex-amante e agentes do FBI relataram a história do criminoso.
Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário