BrasilEconomiaTodos

Máquinas industriais têm crescimento de vendas em setembro

O faturamento da indústria de máquinas e equipamentos totalizou R$ 7.579,25 milhões em setembro, crescimento de 0,1% em relação a agosto, e de 2,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. Os números proporcionaram um crescimento na taxa acumulada no ano de 1,2% até setembro. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (29) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

A gerente de economia e estatística da associação, Maria Cristina Zanella, disse que o resultado positivo ainda é pequeno. “Ano passado contamos com o bom desempenho do mercado externo e esse ano ao contrário, o mercado externo está fraco, várias economias em desaceleração, nossos parceiros em crise, isso fez com que os nossas exportações recuassem, mas ainda assim o mercado interno manteve um crescimento importante, que faz com que as nossas vendas no período mantivessem taxa de crescimento”.

As vendas internas também apresentaram resultado positivo em setembro, com 6,8% de crescimento na comparação com o mês anterior. Já na comparação com o mesmo período de 2018, o aumento foi 8,2%. Segundo a Abimaq, o crescimento interno foi puxado pelas vendas de máquinas para celulose, máquinas para agricultura e indústria de transformação.

O desempenho positivo em setembro ocorreu apenas no setor de fabricante de máquinas para logística e construção civil, puxado pelo aumento de 5,4% nas vendas de máquinas rodoviárias. As importações de máquinas recuaram 28,4% em setembro em relação ao mesmo período do ano anterior.

A queda está relacionada a base de comparação. O mês de agosto estava inflacionado pela aquisição de sondas no valor de US$ 590 milhões. Quanto ao nível de emprego, setembro registrou uma queda de 0,3%, com 307.688 pessoas ocupadas no setor. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve crescimento de 3,7%.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário