JustiçaTodos

Justiça Federal do Paraná mandou reabrir prazos para alegações finais no caso do processo do Instituto Lula

O juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou a reabertura dos prazos para apresentação das alegações finais no processo da Operação Lava-Jato no qual Lula é réu sobre fraude no Instituto Lula – o caso do terreno comprado pela Odebrecht.

Essa ação já estava pronta para sentença desde cinco de novembro de 2018, no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná, mas em agosto deste ano o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, mandou o processo retroceder. Se Lula for condenado será o terceiro processo penal que resultará em cadeia para ele. O magistrado ordenou que a Justiça ouvisse primeiro os réus delatores e depois os delatados, como entendeu ser necessário a 2ª Turma do STF.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário