JustiçaTodos

Justiça condena petista Fernando Pimentel, ex-ministro de Dilma, a oito anos de cadeia; dono da Vox Populi também foi condenado

O ex-coordenador campanha eleitoral de Dilma Roussef, seu ex-ministro e companheiro da organização terrorista VAR Palmares à época do regime militar, ex-governador mineiro Fernando Pimentel, foi condenado pela Justiça Eleitoral a 10 anos e 6 meses de prisão por tráfico de influência e lavagem de dinheiro, com o agravante de abuso de poder, por ter usado o cargo de ministro para cometer os crimes. Marcos Coimbra, dono da Vox Populi, foi condenado a quase três anos de cadeia no mesmo processo, porque concordou em ser usado como laranja em contratos de serviços fictícios. O inquérito apurou irregularidades de caixa 2 no período em que Fernando Pimentel foi ministro do Desenvolvimento, no governo Dilma, entre 2011 e 2014. A juíza Divina de Paula Peixôto determinou que a pena seja cumprida em regime fechado, mas o ex-governador poderá recorrer em liberdade.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário