Todos

Juiz determina bloqueio de bens de Lula em até R$ 77,9 milhões

O juiz federal Luiz Antonio Bonat determinou o bloqueio de até R$ 77,9 milhões em bens do  bandido corrupto e lavador de dinheiro Lula. A determinação saiu no último dia 18. Bonat é o responsável pelo julgamento dos processos da Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba. Ele substitui Sérgio Moro, que largou a magistratura para se tornar ministro da Justiça. O valor determinado por Bonat não se baseia no patrimônio do ex-presidente, e sim na quantia de R$ 75,4 milhões. Essa quantia, segundo o Ministério Público Federal, teria sido paga pela empreiteira Odebrecht ao PT a partir dos oito contratos da Petrobras de que o processo da Lava Jato trata. Como se trata de “bens substitutivos”, que seriam utilizados para reparar o dano no processo, o juiz afirma que “não tem relevância se os bens foram ou não adquiridos com recursos lícitos”. A defesa do ex-presidente entrou com recurso no Supremo Tribunal Federal e afirma que a decisão de Bonat é um “indicativo concreto” de que ele está prestes a assinar a sentença na ação penal referente aos R$ 12,4 milhões em propina pagos pela Odebrecht ao bandido corrupto Lula.
Compartilhe nas redes sociais: