MundoTodos

Israel cancela as licenças das brigadas de combate, cresce a tensão na fronteira com o Líbano

O Comando Norte das Forças de Defesa de Israel anunciou que cancelou todas as licenças e permissões de saída a todas as brigadas de combate, horas depois que o comandante do Exército advertiu que Israel responderá con uma “dura” resposta ante qualquer ataque da organização terrorista Hezbollah. As tropas israelenses nas fronteiras com a Síria e o Líbano foram postas em estado de alerta máximo devido ao temor de uma represalia do Hezbollah, após um ataque contra instalações da organização terrorista em Beirute no domingo passado, e também após o bombardeio contra uma posição iraniana na Siria, no qual foram abatidos dois terroristas do Hezbollah, na noite do último sábado. As Forças de Defesa de Israel estimam que o Hezbollah tentará atacar soldados israelenses ou instalações militares na fronteira, mas não civis. O chefe do Comando Norte, general Amir Baram, reuniu-se com os prefeitos das comunidades nortistas para acalmá-los sobre a escalada da tensão. Oficiais israelenses fizeram advertência ao Líbano e ao Hezbollah que “a resposta de Israel a um ataque será desproporcional”. Israel considera que o Líbano é cúmplice das atividades terroristas do Hezbollah.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário