AgronegócioBrasilTodos

Incra quer incluir assentamentos do Rio Grande do Sul em programa de saneamento

A superintendência regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Rio Grande do Sul recebe nesta sexta-feira (13) o presidente do Fundação Nacional de Saúde, Ronaldo Nogueira. O dirigente vem ao Estado para falar sobre o Plano Nacional de Saneamento Rural. O superintendente do Incra no Rio Grande do Sul, Tarso Teixeira, explica que será solicitada a inclusão dos assentamentos gaúchos no projeto.

Segundo ele, o Rio Grande do Sul tem 344 assentamentos em 97 municípios. Cerca de 30% não têm acesso à rede de esgoto e água. – Vamos entregar uma lista com assentamentos que são prioritários – acrescenta Teixeira. Outro pedido deverá ser para que sejam adquiridos caminhões-pipa para facilitar o fornecimento de água nessas áreas.

Compartilhe nas redes sociais:

Comments (1)

  1. Ou seja: Os burocratas e políticos esquerdistas do Incra querem urbanizar áreas rurais. Comprovam que os seus assentados não são na realidade gente rural. São gente urbana que não se adapta a um sistema de auto sustentabilidade rural. Nada devasta mais o ambiente rural que a ocupação intensiva dos assentamentos dos caras do Incra.

Faça seu comentário