BrasilEnergiaTodos

Furnas anuncia compra de fatia de hidrelétrica que pertence à empreiteira corrupta Camargo Corrêa

A estatal Furnas, da Eletrobras, obteve aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para assumir participação adicional na hidrelétrica Serra do Facão, em Goiás, por meio da compra de fatia detida pela Camargo Corrêa Investimentos em Infraestrutura (CCII). A hidrelétrica cuja fatia está sendo adquirida chegou a ser investigada pela Operação Lava Jato.

O negócio é resultado de uma “decisão comercial estratégica” da CCII, que pretende desinvestir de sua parcela na usina “em busca de liquidez para alocação em outros projetos”, segundo parecer do órgão de defesa da concorrência. A operação foi aprovada sem restrições pelo Cade, de acordo com publicação do Diário Oficial da União feita na segunda-feira, 23.

O empreendimento envolvido na transação chegou a ser alvo de investigações da Polícia Civil do Rio de Janeiro em operação lançada em junho de 2017, que investigava possíveis crimes relacionados a Eduardo Cunha (PMDB), ex-presidente da Câmara dos Deputados. As apurações policiais, um desdobramento da Operação Lava Jato, miravam possível superfaturamento na compra por Furnas de uma participação na usina. O negócio teria sido viabilizado com apoio legislativo de Eduardo Cunha.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário