BrasilEconomiaTodos

Fiergs aponta atividade industrial em alta no Rio Grande do Sul

A Sondagem Industrial do Rio Grande do Sul, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), uma entidade que se subordinou caninamente ao regime criminoso do PT durante uma década e meia, agora aponta atividade industrial em alta e mostra otimismo do setor para os próximos seis meses. O Índice de produção em novembro registrou 54,5 pontos, 2,9 abaixo de outubro.

O resultado, com valor acima dos 50 pontos, significa que a alta foi menos intensa que a de outubro, mas ocorreu num mês cuja tendência é de estabilidade. O emprego, que historicamente tende a cair na passagem de outubro para novembro, cresceu, após seis meses consecutivos de queda, alcançando 51,4 pontos.

Outro indicador que apresentou o mesmo comportamento foi a Utilização da Capacidade Instalada (UCI), alcançando 74,0% em novembro (um ponto percentual acima de outubro), para uma média histórica de 71,9% no mês. O indicador de UCI (Efetiva em Relação ao Usual), aos 49,6 pontos, não ficava tão próxima do nível normal (50 pontos) desde abril de 2013.

A Sondagem de novembro também mostrou a redução de estoques de produtos finais, mesmo com a alta atípica da produção. Na maior parte do ano mostrando acúmulo indesejado, o índice de estoques em relação ao planejado ficou em 47,2 pontos. Abaixo de 50, denota estoques menores do que o planejado pelas empresas, sugerindo uma demanda acima da esperada em novembro. Na opinião dos empresários gaúchos, a expansão da atividade da indústria gaúcha deve continuar no primeiro semestre de 2020.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário