Todos

FAO escolhe diretor para os próximos quatro anos

A Conferência da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) se reunirá neste domingo (23), em Roma, para eleger o diretor-geral que vai comandar a instituição nos próximos quatro anos. Desde 2012, o cargo é ocupado pelo brasileiro José Graziano da Silva, eleito para dois mandatos (2012 a 2015 e 2015 a 2019). Vence o candidato que obtiver 50% mais um voto em qualquer turno. Estão na disputa três candidatos: Qu Dongyu, vice-ministro da Agricultura da China desde 2015; Catherine Geslain-Lanéelle, ex-diretora do Departamento de Desempenho Econômico e Ambiental de Empreendimentos do Ministério da Agricultura da França; e David Kirvalidze, que foi ministro da Agricultura da Geórgia por dois mandatos. Qu Dongyu tem o apoio dos governos do Brasil, Argentina e Uruguai. Defende que as políticas da FAO estejam alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, em particular com a erradicação da fome e da pobreza, com o aumento sustentável da produção agrícola e alimentar e com a promoção de um sistema de comércio internacional agrícola livre de distorções e restrições indevidas sem uma base científica adequada. 
Compartilhe nas redes sociais: