BrasilJustiçaPolíticaTodos

Facebook recua e bloqueia contas de bolsonaristas no mundo todo por ordem do superdelegado Alexandre de Moraes

O Facebook publicou uma nota neste sábado informado que se submeteu às ameaças do ministro Alexandre de Moraes, o superdelegado do Supremo Tribunal Federal, o qual avisou que responsabilizaria criminalmente seu representante no Brasil, caso o serviço não cumprisse suas ordens. E por isto bloqueou as contas investigadas no inquérito das supostas “Fake News”, cujo objetivo é garrotear as atividades humanas e econômicas de jornalistas, empresários, parlamentares e políticos que apoiam o governo Bolsonaro.

Inicialmente, a rede social de Mark Zuckerberg deveria impedir o uso dos perfis no Brasil, mas a restrição foi ampliada para o mundo todo quando as contas passaram a ser usadas a partir de outros países. A empresa argumentou que havia cumprido a ordem de bloquear as contas no Brasil ao restringir a visualização das páginas e perfis a partir de endereços IP no país. Segundo o Facebook, isso impediria usuários brasileiros de acessar os conteúdos das contas que foram alvos da ordem judicial, mesmo que a localização fosse alterada.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário