Todos

Ex-embaixador americano patrocinou nos Estados Unidos indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada em Washington

Um dos grandes patrocinadores nos Estados Unidos da indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada em Washington foi o empresário Clifford Sobel, que serviu como embaixador no Brasil de 2006 a 2009, durante o governo de George W. Bush. Clifford Sobel é próximo ao atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e ao assessor de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton. Em janeiro deste ano, foi nomeado por Trump para integrar o Conselho de Assessoria em Inteligência da Casa Branca. Um dos principais arrecadadores de recursos para o Partido Republicano e influente na comunidade judaica americana, Clifford Sobel é dono do Valor Capital Group, que investe em empresas de tecnologia no Brasil e nos Estados Unidos. O empresário ajudou a agendar encontros durante a visita de Jair Bolsonaro a Washington, em março, e incentivou a entrada de Eduardo Bolsonaro no Salão Oval para o encontro bilateral entre o presidente brasileiro e Donald Trump. Depois, quando Jair Bolsonaro cancelou sua ida a Nova York devido a protestos e à reação do prefeito da cidade, o democrata Bill de Blasio, Clifford Sobel costurou, na última hora, encontro de Bolsonaro com Bush no Texas. Clifford Sobel, sem dúvida, é alguém que conhece o Brasil e a política brasileiro, bem como a economia nacional. Ele sabe da importância da nomeação de alguém como Eduardo Bolsonaro para a condução da Embaixada do Brasil em Washington, capaz de criar um forte caminho de colaboração estreita entre os dois países, em todos os campos. 

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário