Todos

Corpo de cacique Waiãpi será desenterrado para Polícia Federal investigar causas da morte

O Ministério Público Federal declarou hoje que o corpo do índio Emyra Waiãpi, encontrado morto no dia 23 de julho, será exumado. Uma equipe do Grupo Tático Aéreo vai de helicóptero para a aldeia para realizar o deslocamento do corpo. A ideia, segundo o procurador Rodolfo Lopes, é que se faça um exame no corpo para identificar as causas da morte do cacique: “Na sexta-feira, vai ser deslocado o GTA até Serra do Navio, de onde haverá deslocamento por terra até a aldeia. O corpo será levado para a capital, Macapá, e esse exame, em torno de duas horas, é finalizado. Após isso, o corpo vai ser devolvido o mais breve possível. A partir disso a gente vai ter um laudo para saber a causa da morte e entender melhor os fatos”.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário