MundoTodos

Comentário do jornalista Vitor Vieira – A queda do índio cocaleiro trotskista Evo Morales, na Bolívia, poderoso novo aviso aos esquerdistas

O regime ditatorial narcotraficante do índio cocaleiro trotskista Evo Morales, na Bolívia, esvaiu-se como um castelo de açúcar. Comprovada a fraude eleitoral, o povo boliviano se revoltou, foi às ruas, incendiou casas dos bandoleiros no poder, tocou fogo em emissoras de rádio e de televisão, as polícias se amotinaram e, finalmente, o exército retirou todo apoio, recusou-se a reprimir o povo e exigiu a renúncia do ditador. Ministros e parlamentares passaram a renunciar em um sequência rápida. Por fim, o ditador fugiu de La Paz em seu jatinho super luxuoso e acabou apresentando a renúncia pela televisão neste domingo. Está encerrada outra aventura trágica da esquerdopatia na América Latina. A presidente do Tribunal Superior Eleitoral já está presa, a Corte será extinta. Isso fica como um aviso para togados da América Latina, especialmente do Brasil, que insistem em contrariar a vontade popular, defender privilégios e bandidos. E serve de aviso poderoso para o bandido corrupto Lula que se assanha tão logo saiu da cadeia.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário