BrasilEconomiaPetróleoTodos

Câmara dos Deputados pauta votação de requerimento de urgência da Lei do Gás

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, conhecido como “Botafogo” na planilha das propinas pagas pela corrupta empreiteira baiana Odebrecht, pautou para esta quarta-feira (29) a votação do requerimento de urgência do projeto da nova Lei do Gás. Se o requerimento for aprovado, estará aberto o caminho para que a proposta seja votada no plenário em definitivo, antes de seguir para o Senado.

O deputado federal Laércio Oliveira, do PP de Sergipe, é o relator da matéria. Ele defende que o texto aprovado seja o mesmo que passou pela Comissão de Minas e Energia da Câmara, no fim do ano passado. Oliveira disse que a nova Lei do Gás fará com que a Petrobras deixe de ser a única vendedora de gás no Brasil. “Não existe um monopólio legal para a Petrobras no gás. De fato, ela tornou-se a única vendedora de gás no Brasil, por uma conjuntura, mas isso vai mudar com o novo marco legal do gás, que dará a segurança necessária para que outros produtores comecem a comercializar seu gás e invistam em novos campos. A diversidade do mercado vai ser boa para todo mundo, até para a própria Petrobras. A empresa tem muitas competências e, mesmo em um mercado competitivo, vai continuar com um papel primordial no mercado de gás no Brasil”.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário