Todos

Bolsonaro escolhe filho de ex-presidente do Supremo para vaga no TSE

O presidente Jair Bolsonaro escolheu Carlos Mário Velloso Filho para ocupar a vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão pelo novo magistrado foi tomada nesta quinta-feira (4), mas seu nome só deve ser publicado no Diário Oficial da União na edição desta sexta (5). Velloso é subprocurador-geral da Procuradoria-Geral do Distrito Federal e filho de Carlos Velloso, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente da corte de 1999 a 2001. Disputavam a vaga a advogada Daniela Teixeira, ex-presidente da OAB-DF, e o professor de direito público Marçal Justen Filho. A lista com os três nomes mais votados pelo Supremo foi entregue a Bolsonaro na última segunda-feira (1º) pelo presidente do STF, Dias Toffoli. Como noticiou a Folha de S.Paulo, ministros do Supremo consideravam a candidatura de Velloso como imprópria por manter a prática de indicação de filhos de magistrados, ou ex, para cargos no Judiciário. Velloso é a segunda indicação de Bolsonaro para o TSE. Em abril ele decidiu nomear Sérgio Silveira Banhos para a corte eleitoral para a vaga de Admar Gonzaga. Os dois indicados pelo presidente atuarão nas eleições municipais de 2020.
Compartilhe nas redes sociais: