PolíticaTodos

Bolsonaro ataca governador Wilson Witzel em sua live de quinta-feira

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, em sua live desta quinta-feira, já transmitida direto do Palácio da Alvorada, onde ele descansou durante o dia após sua volta de viagem à Ásia e Oriente Médio. Bolsonaro atribui a Wilson Witzel o vazamento de informações envolvendo seu nome no caso Marielle Franco. Disse Jair Bolsonaro: “O governador sabia que ia vazar e estava comemorando. Quando meu avião decolou no sábado para a China, com quatro parlamentares e os ministros, juntei todos e contei o que ia acontecer”, afirmou Bolsonaro.

“Ele botou na cabeça que quer ser presidente da República. O que ele botou na cabeça? Que tem de me destruir. Aquela narrativa de sempre de miliciano, miliciano… Ele potencializa processos contra minha família. Não deu certo, Witzel. Você perdeu, foi vaiado com gritos de traidor”, prosseguiu. E Bolsonaro ainda acrescentou: “É o poder pelo poder, se acha o gostosão, saltou lá de helicóptero para parabenizar o sniper no episódio do sequestro de um ônibus da ponte Rio-Niterói, em agosto”. Wilson Witzel já começou a sentir o resultado de sua ação contra Jair Bolsonaro. Ao participar de reuniões em Itaperuna, no interior do Estado do Rio de Janeiro, à 313 quilômetros da capital fluminense, subindo as escadarias de um prédio, ele foi abordado por manifestantes que gritaram “coisa feia” e “traidor”. O video já está circulando nas redes sociais. Agora Witzel está marcado.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário