BrasilEconomiaTodos

BNDES tem quatro formas de vender participações do banco em empresas

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, apontou que “se houver oportunidade, pode acontecer neste ano ou não” a venda de participações do banco oficial em empresas.

A instituição oficial anunciou na terça-feira alienação de ações da JBS através do BNDESPar, negócio que pode chegar a R$ 8 bilhões, segundo fontes de mercado.

“Temos quatro formas de vender participações: na mesa, vender um pouco ao mercado; pode vender em bloco; pode fazer uma oferta e uma operação privada, que é mais demorada”, destacou Montezano. “Operação privada demora muito tempo, as outras três podem ser feitas de forma mais rápida. Se houver janela, pode acontecer neste ano ou não.”

Questionado se a eleição de Marcelo Serfaty para o Conselho de Administração do BNDES tinha como foco acelerar as vendas de participações da instituição oficial em companhias, Montezano respondeu que ele é um executivo de alto renome, com muita experiência no mercado de capitais e banco de investimento e vai ajudar no projeto do banco oficial como um todo.

“Naturalmente, a venda de participação é ponto relevante. Ele tem uma vasta experiência nisso e fez também no Banco do Brasil. Ele já está se familiarizando ao BNDES e temos certeza que vai agregar muito à estratégia.” Ele fez os comentários depois de proferir palestra no Bradesco CEO Forum em Nova York.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário