BrasilEconomiaNegóciosTodos

Banco Central da Noruega aumenta participação acionária na Braskem para 5,06%

 

O Norges Bank, o Banco Central da Noruega, elevou sua participação acionária na Braskem para 5,06%, mostra comunicado enviado ao mercado nesta sexta-feira (19). A Braskem pertence à empreiteira baiana muito corrupta e propineira Odebrecht, com maior fatia de controle acionário. Com o investimento atual, o Banco Central da Noruega passou a deter 17 milhões de ações da empresa. O Norges Bank informou que o aumento da participação societária é estritamente para fins de realização de operações financeiras.

O comunicado da Braskem ao mercado diz: “BRASKEM – COMUNICADO AO MERCADO AQUISIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO ACIONÁRIA RELEVANTE – São Paulo, 19 de junho de 2020. A BRASKEM S.A. (B3: BRKM3, BRKM5 e BRKM6; NYSE: BAK;LATIBEX: XBRK), em atendimento ao disposto no artigo 12 da Instrução CVM nº 358/02,vem comunicar aos seus acionistas e ao mercado que recebeu correspondência do Norges BankInvestment Management, pessoa jurídica de direito privado, com sede na Cidade de Oslo, Noruega,localizada à Bankplassen 2, P.O. Box 1179 Sentrum, 0107 Oslo, Norway, inscrita no CNPJ/ME sob onúmero 05.839.607/0001-83 (“Norges Bank”), informando que adquiriu, na data de 17 de junho de 2020, ações preferenciais classe A de emissão da Companhia, atingindo participação de 17.491.021 ações preferenciais classe A, representativas de 5,069% do total de ações preferenciais classe A emitidas pela Companhia.O Norges Bank informou, ademais, que o aumento da participação societária acima mencionado é estritamente para fins de realização de operações financeiras, não objetivando alteração do controle acionário ou da estrutura administrativa da Companhia”. (Money Times)

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário