Mundo

Arábia Saudita autoriza mulheres a viajar sem autorização de um tutor

As mulheres sauditas poderão obter a partir de agora passaporte e viajar para o exterior sem a necessidade de autorização prévia de um “tutor”, anunciou nesta quinta-feira, 1º, o governo da Arábia Saudita. “Serão concedidos passaportes a todos os sauditas que solicitarem”, informou o jornal do governo Umm Al Qura, citando uma decisão do Executivo. De acordo com o diário Okaz, também ligado ao governo, as novas normas serão aplicadas às mulheres maiores de 21 anos. Desde junho de 2018 as mulheres sauditas puderam dirigir livremente no país, após entrar em vigor uma autorização do príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman.

Desde o anúncio, em setembro de 2017, algumas mulheres começaram a ter aulas de direção. A ideia era garantir que estariam habilitadas a tempo, quando a proibição caísse. Algumas sauditas que já tinha habilitação conquistada em outros países fizeram apenas o exame para ter a permissão de dirigir no país natal. Até então, as mulheres eram proibidas de dirigir no país e eram castigadas caso fossem pegas conduzindo. Apesar do levantamento de algumas restrições à mulheres no país, as sauditas ainda não podem aparecer em público sem usar uma vestimenta que cubra o corpo inteiro; conviver livremente com homens – dentre as exceções, estão hospitais, bancos e escolas de medicina; e conseguir custódia dos filhos no divórcio após certa idade (7 anos para os meninos e 9 para meninas).

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário