BrasilEnergiaTodos

Angra recebe módulos para armazenar combustível nuclear usado

A Central Nuclear de Angra dos Reis, no litoral sul fluminense, recebeu esta semana cinco módulos para armazenamento de combustível radioativo usado. Esses foram os primeiros dos 15 módulos que serão instalados este ano no complexo, que tem duas usinas nucleares (Angra 1 e 2). Os módulos substituirão as piscinas que armazenam os rejeitos radioativos das usinas, desde que a primeira foi instalada na década de 70. Mas, como as piscinas devem atingir sua capacidade máxima no ano que vem, a Eletronuclear, estatal que administra o complexo, prevê começar a transferir o combustível usado para os módulos em dezembro deste ano.

Os 15 módulos, que chegam a Angra até julho deste ano, ficarão na Unidade de Armazenamento Complementar a Seco de Combustível Irradiado (UAS), fora das usinas, mas dentro do complexo nuclear, que fica às margens da rodovia Rio-Santos (BR-101). A UAS pode comportar até 72 módulos, que garantiriam armazenagem de combustível por pelo menos mais 25 anos. (Ag. BR)

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário