OpiniãoTodos

A volta do bandido Lula à cena pública é farsesca, suas ameaças são burlescas, ele não aprendeu nada na cadeia

O retorno de Lula com seus discursos ameaçadores, insinuando luta armada, atacando os inimigos com ferocidade, com adjetivos pesados, apenas reflete o seu estado de insignificância, a sua marginalidade, e o desespero das esquerdas que vêem se encerrar o domínio de uma cultura corporativa e populista que imperou na cena brasileira nos últimos 70 anos. O desespero dele, e dos ministros do Supremo, de boa parte da classe política e de empresários mamadores de têtas públicas, é porque terminou a era de apropriação do dinheiro público por vigaristas de todas as espécies. O investimento agora será privado. Os resultados já estão aparecendo.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário