BrasilNegóciosTodos

Maior rede de sugar babbies do Brasil aponta a enorme preferência delas pelo curso de Direito

Ser uma advogada é o sonho da maioria das sugar babies registradas na plataforma de relacionamentos MeuPatrocínio, a pioneira e maior do Brasil. Entre as mais de um milhão e oitocentas mil usuárias cadastradas, 76% têm nível universitário completo ou estão em fase de formação. Como em todo início de ano letivo, o site observa um incremento na busca por um daddy que possa oferecer estabilidade emocional e financeira às babies, incluindo as despesas com as mensalidades da faculdade.

O fato é facilmente justificado ao considerar que 87% delas frequentam universidades particulares. Inteligentes e ambiciosas, as babies não pensam em abandonar os estudos diante das dificuldades. Além do curso de Direito, administração, enfermagem, pedagogia e Medicina também aparecem entre os mais citados em recente pesquisa realizada pela plataforma.

As Sugar Babies procuram unir o “útil ao agradável”, buscando alguém que possa contribuir para a continuidade da educação e, ao mesmo tempo, vivenciar uma relação transparente e com objetivos alinhados desde o início, prevendo o custeio dos estudos e de cursos de especialização. Tudo acordado entre as partes, desde o início. Os daddies, por sua vez, aqueles que assumem o papel de provedores da relação, totalizam 388 mil usuários, na faixa dos 43 anos.

São homens maduros e bem-sucedidos, em busca de uma relação diferenciada, com os objetivos expostos com naturalidade, facilitando a aproximação de pessoas sensatas com os mesmos interesses. As babies dão preferência a homens mais experientes que possam acrescentar “valor” às suas vidas, atuar como um “mentor” em suas carreiras e que seja alguém que, além do envolvimento emocional, facilite a concretização dos seus sonhos, a começar por uma formação universitária. A mais antiga das profissões na história da humanidade agora ganhou um nome mais “charmoso”.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário