MundoTodos

Justiça peruana decreta prisão preventiva de ex-primeiro ministro Cesar Villanueva na corrupção da Odebrecht

O ex-primeiro-ministro do Peru, Cesar Villanueva, foi preso preventivamente nesta quarta-feira, de acordo com o Ministério Público do país, enquanto está sendo investigado por tráfico de influência, em um caso de suborno ligado à construtora brasileira muito corrupta e propineira Odebrecht. Villanueva foi primeiro-ministro do governo do presidente peruano, Martin Vizcarra, de abril de 2018 a março de 2019. Quase todos os ex-presidentes vivos do Peru estão sob investigação acerca de suas conexões com a Odebrecht, com exceção do ex-presidente Alberto Fujimori, que está cumprindo uma pena de 25 anos de prisão por violações de direitos humanos e corrupção.

Compartilhe nas redes sociais:

Faça seu comentário